A Importância da Endoscopia

Boa tarde divina! Como você está?

Desde criança eu ouvia falar sobre um exame chato onde colocavam uma mangueira pela sua garganta pra te ver por dentro. Eu pensava: Nossa, que horror! (Rsrss). Geralmente, quem fazia esse exame, era quem tinha alguma dor no estômago.


Eu nunca tive dores de estômago, entretanto, a mais ou menos dois anos atrás, eu comecei a sentir um incomodo próximo ao estômago. Não era dor, era uma sensação de pressão no meio do peito, na boca do estômago. Eu pensei até que fosse algo cardíaco. Aquilo estava me incomodando e no início do ano piorou. Parecia as vezes que o sutiã estava apertado mas não estava. Depois de passar meses me queixando disso ao meu esposo decidi ir ao médico investigar.

Comecei a investigação pelo cardiologista. Fiz eletro, teste ergométrico e, graças a Deus, nada errado. Fui então a um Gastroenterologista que me solicitou a apavorante Endoscopia. Não foi mole. Eu fiz o exame e, onde fiz, eles preferem usar um tipo de sedativo que você fica consciente, só um pouquinho zonza. Eu estava muito nervosa e senti todo o exame. Foi bem desagradável. Mas calma! A grande maioria das pessoas faz o exame com anestesia onde você dorme e não vê absolutamente nada.



A Endoscopia revelou que eu sofro de Esofagite de Refluxo moderada e mostrou uma pequenininha Hérnia de Hiato. Falando não tecnicamente, existe uma parte no fim do esôfago que se fecha após a ingestão de alimentos pra que os ácidos da digestão não subam do estômago pra o esôfago. Essa parte minha não fecha muito bem, é um pouco mais aberta que o normal e, por isso, se eu encher muito o estômago ou me deitar assim que comer, facilita voltar os ácidos da digestão. Essa é a razão pra o mal estar que eu vinha sentindo. O ácido do estômago sobe e causa queimaduras no esôfago. A hérnia também causa desconforto.

Estou contando minha experiência pra incentivar você a também dar uma geral. Se você tem asia constante ou algo que te incomoda, não deixe o tempo passar. Busque ajuda médica e você poderá viver melhor. Além da esofagite, outros problemas podem ser constatados como gastrites, úlceras, e quanto mais cedo tratar melhor.

Depois do diagnóstico é que comecei a perceber o quanto tinha asia. O tratamento é simples (ainda vou iniciar a medicação). O médico me disse que não tem cura mas que também não mata. No entanto, é necessário controlar, porque a longo prazo, se o esôfago fica sofrendo com a acidez pode desenvolver uma pele grossa (de novo, falando não tecnicamente) e ter perigo de câncer de esôfago. A gente tem que controlar pra o resto da vida. Tenho que evitar coisas ácidas, gordurosas, refrigerantes, etc. Se você quiser entender um pouco mais sobre hérnia de hiato leia aqui: Hérnia de Hiato

Um beijo!

Se cuida e fica com Deus!

Comentários

Postagens mais visitadas