sexta-feira, 2 de maio de 2014

Vida de Casada: Valorize o seu Amor

Quando falo "valorize o seu amor", me refiro tanto ao amor entre o casal, quanto ao seu marido, o amor de sua vida. Eu aqui falo para as mulheres mas logicamente esses conselhos servem para os maridos em relação a suas esposas.


Quando eu estava para casar, recebi um livro de minha pastora, o livro chama-se "Apaixonando-se por seu marido". No livro, a autora relata histórias de casais que ela aconselhou que já tinham 50 anos de casados mas eram infelizes no casamento. Esses casais não aproveitaram a vida a dois e estavam apenas vivendo embaixo do mesmo teto.

Fico triste demais em ver que casais casam-se motivados e apaixonados e com o tempo deixam essa beleza ir embora. Viver infeliz é o maior desperdício de vida que se pode fazer. Não estou dizendo aqui que é pra se divorciar, mas pra buscar reparar o que, em algum, ou vários momentos, foi quebrado.

Todo ser humano precisa se sentir amado. Sentir-se amado, querido e reconhecido traz muita satisfação pra nossa alma. Uma vez ouvi alguém dizer que aqueles que mais amamos são também os que mais nos ferem. Se alguém que não convive comigo diariamente falar mal de mim, me fizer uma crítica, pode incomodar ou quem sabe, pode não trazer nenhum incomodo. Mas quando alguém que amamos nos faz uma crítica, essa rasga a nossa alma, abre uma ferida dolorosa.

Existe alguém que nos conheça melhor do que o nosso esposo? Depois de nossos pais, só Deus e nosso esposo. Só quem convive com a gente diariamente pode saber como de fato somos, nossas qualidades e defeitos, nossas reações, nosso humor diante de diferentes situações.

Se a pessoa que mais lhe conhece na vida não lhe valoriza, quem irá lhe valorizar? Porque falo aqui de valor? Porque creio que é nesse ponto que muitos casais se perdem. Se eu verdadeiramente amo alguém eu o valorizo. Se eu o valorizo eu o escuto.

Muitos casais começam a ter desentendimentos e com isso o valor estimado àquela pessoa vai diminuindo, sendo substituído por sentimentos de raiva e desprezo. Perdão é indispensável pra o sucesso de um casamento e precisa ser dito, declarado, verbalizado em palavras.

Conheço tantas histórias de brigas que são "solucionadas" com silêncio. O casal briga, passa um período afastado sem se falar direito, deixa a raiva esfriar, e volta a se falar como se nada tivesse acontecido. Quando isso acontece um tijolo de mágoa pode ter sido colocado no muro que um dia poderá separar o casal.

Perdão se pede, se fala, se expressa de forma clara. Silêncio não é perdão. Valorizar seu amor implica em pedir perdão e perdoar porque o seu amor vale mais do que qualquer intriga e discordância.

Sou grata a Deus por todos os aprendizados que ele me deu. Logo no início do casamento tive situações onde eu podia ter escolhido o conflito mas fui confrontada a fazer a vontade de Deus ou a minha. Eu escolheria e assumiria as consequências. Escolhi a de Deus e sou muito feliz por isso.

A vida é curta e a verdade é que ninguém sabe o dia do seu fim. Não da pra perder tempo, desperdiçar a vida com brigas.

Ame de verdade, valorize, perdoe, peça perdão e colha todos os frutos de felicidade que isso lhe resultará!

Beijos

Fique com Deus


English Version

Married Life: Value your love

When I say "Value your love", I am referring me to both the love between a couple and your husband, the love of your life. I am speaking to women here, but obviously these advices work out for men too



When I was about get marry, I received a book from my shepherdess which is called "Romancing Your Husband". In this book, the authoress tells us couples's histories that she advised which had 50 years together but were unhappy in their relatioships. These couples didn't enjoy their lifes together and were just living below the same roof.

I get  so upset in seeing that many couple get married motivated and in love but, throughout the time, they leave that beauty go away. I am not saying that they should get divorce, I am saying they need to seek repair what, in some or several moments,  was broked.

Every human being needs feel loved. Feel up loved, wanted and recognized, brings too much satisfaction to our soul. Once I heard somebody say that the persons we love more are, in the same time, those that hurt us more. Whether somebody who don't live with me diary run down about me, grumbling, it can bother me or, who knows, it can don't change anything. But, when somebody beloved make us a criticism, this wrack our soul, it makes a huge hurt.

Is there somebody who knows we better than our own husband? After our parents, just God and our husband know us deeply. Only the persons that live with us day to day can know how we are in fact, our qualities and defects, our way of reaction, our mood in face to differents situations.

If the person that knows you more in life doesn't value you, who will? Why am I speaking about value here? Because I believe it's in this point that many couples break up. If I really love somebody, I value it. If I value it I hear it.

Many couples start arguing and that way the value delivered to that person goes away, being substituted for angry feelings and contempt. Forgive is imperative to the success of a marriage and it needs be spoked, professed.

Conheço tantas histórias de brigas que são "solucionadas" com silêncio. O casal briga, passa um período afastado sem se falar direito, deixa a raiva esfriar, e volta a se falar como se nada tivesse acontecido. Quando isso acontece um tijolo de mágoa pode ter sido colocado no muro que um dia poderá separar o casal.

Perdão se pede, se fala, se expressa de forma clara. Silêncio não é perdão. Valorizar seu amor implica em pedir perdão e perdoar porque o seu amor vale mais do que qualquer intriga e discordância.

Sou grata a Deus por todos os aprendizados que ele me deu. Logo no início do casamento tive situações onde eu podia ter escolhido o conflito mas fui confrontada a fazer a vontade de Deus ou a minha. Eu escolheria e assumiria as consequências. Escolhi a de Deus e sou muito feliz por isso.

A vida é curta e a verdade é que ninguém sabe o dia do seu fim. Não da pra perder tempo, desperdiçar a vida com brigas.

Ame de verdade, valorize, perdoe, peça perdão e colha todos os frutos de felicidade que isso lhe resultará!

Beijos

Fique com Deus


Um comentário:

  1. Verdade, Ruth! Silêncio não é perdão!!! Pense numa frase verdadeira!! Na próxima briga todas aquelas mágoas vem com reações bem mais intensas! Nunca li esse livro, mas sempre gostei de resolver meus problemas na hora. É bem verdade
    que, as vezes, eu deixo a cabeça esfriar! Sou muito sentimental!! Então vc já imagina...numa briga é sempre um chororô...kkkk então, as vezes, eu procuro me acalmar...mas procuro, na medida do possível, resolver no msm dia! Impressionante como Deus nos ensina dia a dia a viver a dois!! Claro que precisamos estar dispostas a isso!! :)
    Parabéns pelo blog!!!

    ResponderExcluir

Comente aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...