Papo de Mãe: Você dialoga com seu filho?

Hoje gostaria de compartilhar com vocês uma situação que ocorreu recentemente com o meu filho e que com uma boa conversa conseguir resolver. 

Outro dia, minha sobrinha Alícia fez uma rápida visita em minha casa e o Pedro demonstrou muita agressividade não deixando a prima sequer tocar em nenhum de seus brinquedos. O que deixou minha irmã um pouco assustada já que não é comum o Pedro ser agressivo. Neste dia não estava presente, o que não deu para corrigi-lo no momento.

Posteriormente, conversei com ele e disse que aquele comportamento não era correto, e que aquilo tinha deixado muita gente triste, a prima, a tia e a mim. Tentei falar de uma forma que ele entendesse que não era legal e que se aquilo acontecesse com ele, como ele iria se sentir. Uns dois dias depois tive uma nova conversa e repeti o que eu havia dito anteriormente, como uma espécie de reforço. 

No mesmo final de semana, fomos para  a casa dos meus pais e todas minhas irmãs estariam lá. Levei umas das caixas de brinquedo do Pedrinho como de costume, Quando a prima Alícia chegou, correu para pegar os brinquedos do Pedro, na mesma hora meu filho teve uma reação de ir direto a prima (achamos que ele ia novamente brigar), mas a atitude dele foi exatamente ao contrário, foi surpreendente.

Para minha surpresa, ele chegou a prima e disse:

Pedro: "Alícia, me desculpe por tratar você mal, eu nunca mais vou brigar com você. Vou dividir meus brinquedos tá?!""
Alícia: Você promete?
Pedro: Eu prometo!

Em seguida o Pedro deu um beijo e um abraço na prima. Este gesto do meu filho me deixou extremamente orgulhosa e feliz. Demonstrou ter uma atitude humilde e reconheceu o erro. Em nenhum momento quando conversei explicando que era errado tratar a prima mal e não dividir os brinquedos falei para ele pedir desculpas, e a atitude correta de saber se desculpar de um erro, para uma criança de apenas três anos, é algo impressionante.

Fonte: http://www.portalcampobelo.com.br 

Esta situação que venho dividir com vocês, é apenas para mostrar o poder de um bom diálogo de pais e filhos. Sei que muitas vezes nosso estresse do dia a dia não nos permite um momento para conversas, para corrigir erros de forma calma e no impulso acabamos sendo grosseiros com nossos filhos e que imediatamente nos leva ao arrependimento. Não somos perfeitos, e a cada dia aprendemos coisas novas. 

Um lema que eu tenho com meu filho é nunca mentir! Se eu digo que no fim de semana nós vamos a Praia, nós vamos. Se eu preciso sair com o marido para o Teatro, explico que vou sair com o papai para um lugar de adultos e que logo estarei de volta. Sei que nem sempre as crianças entendem ou não querem entender, mas com um pouco de insistência e paciência é possível sim ter um bom diálogo com os pequenos.

Bem, é isso! Conversem mais com seus filhos! É sempre importante!

Beijos


Comentários

Postagens mais visitadas