quinta-feira, 16 de abril de 2015

Vida de Casada: Algumas coisas que nunca mais serão as mesmas depois de casar


1. A casa de mamãe/mainha

Gosto da casa dos meus pais mas depois que casei, nem mesmo o meu antigo quarto de sempre substitui o meu novo lar. Pra dormir, pra relaxar, para estar... nada como meu novo lar. Na nova casa casa as regras são do casal. As coisas são ao nosso modo e isso nos deixa bastante confortáveis.

2. O que é dormir sozinha?

Depois que casei, só em situações que tivemos que viajar a trabalho dormimos longe um do outro. Cama de solteiro se tornou um bixo estranho. Como sou grandinha (1.70) a cama Queen é o tamanho ideal e ela fica melhor ainda quando nós dois estamos nela (hmmmm kkk).

3. NOSSAS roupas

Confesso que essa parte foi um pouco difícil pra me acostumar. Meu esposo ficou sem 1 par de meia limpo algumas vezes simplesmente porque eu não tinha o hábito de cuidar de outras roupas que não fossem as minhas e nem ele de cuidar das próprias, já que minha sogrinha fazia tudo. Agora, colocar periodicamente NOSSAS roupas pra lavar faz parte da rotina.

4. Intimidade, ser Um em Dois

Eu sempre fui muito envergonhada. Nem na frente das mulheres da minha casa eu gostava de trocar de roupa. Hoje me vejo sendo mais livre do que quando vivia na casa de meus pais.

A intimidade vai crescendo com o tempo e a liberdade é tanta que estar com o marido é como estar na companhia de si mesmo, não há vergonha. Somos um, mesmo sendo dois. É um tipo de intimidade que não existe em qualquer outro tipo de relação.

5. Costumes, hábitos e manias

Depois que casei comecei a ver coisas que não via na época do namoro porque não convivia tempo suficiente com ele pra conhecer. Coisas simples como o jeito de passar perfume (??? sim, o jeito de passar perfume).

Até o costume engraçado de pela manhã cantar músicas que nunca ouvi na vida. Meu esposo tem um repertório singular pela manhã, e geralmente é de manhã na hora que estamos nos arrumando pra ir trabalhar. Nunca havia notado isso até casar.

6. Alguém tem que trabalhar

A não ser que você seja recebedor de pensão ou filho de rico, nunca mais você vai ter a sensação de não trabalhar e ainda assim ter um lugar pra dormir e comida "de graça". Depois que casamos sempre terá que ter alguém trabalhando pra sustentar a casa e as milhões de obrigações que acompanham: Luz, internet, tv a cabo, condomínio, combustível, alimentação, materiais de limpeza, telefones, saúde, etc etc etc... tudo na vida custa R$ e pra se manter a dois é preciso ter alguém sempre trabalhando.

Na nossa casa os dois trabalham fora.

7. Programações compartilhadas

Ir pra casa de amiga, na casa da mãe, ir pra o chá de fulaninha ou a um almoço com executivos. Tudo que vamos fazer precisa ser comunicado ao outro. Depois que casamos não temos mais como marcar compromissos e não contar ou mesmo combinar com o companheiro o que vamos fazer, exceto quando se tratam de rotinas profissionais onde você costuma ter várias reuniões ao dia. Nesse caso, não da pra ficar dando um relatório do seu passo a passo. Mas em geral tudo é do conhecimento um do outro até porque tem dias que não da pra almoçar juntos, que você vai sair mais tarde e assim por diante.

E nas festas de aniversário, Natal, Ano Novo, dia das mães e dia dos pais, vocês terão que administrar pra ninguém deixar de passar um tempo com sua família, especialmente se a família mora na mesma cidade que vocês.

8. Nossa rotina

Esse ponto tem a ver com o anterior. Sua rotina passa a ser integrada a rotina dele e visse-versa. Tudo quanto se vai fazer tem que ser administrado em conjunto.

09. Comprar coisas que nunca havia se preocupado em comprar

Logo na montagem da casa, se você nunca morou sozinha como eu, você vai se ver comprando coisas que nunca pensou em comprar:

- Pegador de roupas, cesto de lixo, desinfetante, lâmpada, chuveiro??

Ahhh... e a parte maravilhosa da decoração: jogos de cama, almofadas, tapetes, enfeites...!

-----------

Muitas coisas mudam definitivamente, esses só são simples exemplos. Poderia citar inúmeros. Mas é uma nova fase da vida que vale a pena de ser vivida.

E na vida de vocês, o que mudou? O que nunca mais será como antes?

Beijos

Fiquem com Deus

Um comentário:

  1. "Ir pra casa de amiga, na casa da mãe, ir pra o chá de fulaninha ou a um almoço com executivos. Tudo que vamos fazer precisa ser comunicado ao outro. Depois que casamos não temos mais como marcar compromissos e não contar ou mesmo combinar com o companheiro o que vamos fazer, exceto quando se tratam de rotinas profissionais onde você costuma ter várias reuniões ao dia. Nesse caso, não da pra ficar dando um relatório do seu passo a passo. Mas em geral tudo é do conhecimento um do outro até porque tem dias que não da pra almoçar juntos, que você vai sair mais tarde e assim por diante."

    Me identifiquei bastante com essa parte Ruth... porque é tão lindo, combinamos tudo! E o mais lindo ainda é que não é uma prisão, é uma questão de preocupação, se dá a hora de chegar em casa e ainda não chegou, já da uma ligada para saber se já está tudo bem. O cuidado mútuo é uma parte que mais me deixa maravilhada no casamento.
    E para as divinas que ainda não tem esse cuidado do seu cônjuge, "confia no Senhor, espera n'Ele, e o mais Ele fará".

    ResponderExcluir

Comente aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...