Relacionamento: A primeira vez de um casal


Ainda hoje há muita vergonha quando o assunto é... ai meu deus....
como é que digo? Se.... sex... aff... vamos lá..
É melhor falar de uma vez, como quem toma remédio: sexo!!!
Pronto, falei!

Rsrs... brincadeiras à parte, é engraçado isso porque se o mundo está lotadinho de gente, pode-se concluir que cada uma das 7 BILHÕES de pessoas sobre a terra representam pelo menos 7 BILHÕES de relações sexuais ocorridas no presente tempo. Você já pensou nisso?

Mas não é pra menos que sexo gere vergonha, e também muita, mas muita curiosidade! O sexo é o máximo de intimidade e contato físico que você pode ter com uma pessoa. Você literalmente se expõe e tem o outro exposto a você. E não é só a nudez que é exposta mas seus sentimentos, gestos, sensações mais secretas, que ninguém nunca conhecerá, exceto o seu parceiro.

Ao mesmo tempo o sexo é simples, é fácil. É pura biologia, mecânica, física. É o encaixe perfeito de dois corpos divinamente projetados para se encaixar. É natural. Só que além de um corpo extraordinário, Deus nos criou com uma mente extraordinária. E pra que o nosso corpo reaja bem ao sexo, a nossa mente precisa estar bem.

A primeira vez pra uma mulher é especialmente intrigante. Muitas dúvidas e receios passam pela nossa mente. Será que realmente será bom? Será que terei dor? Será que vou me sentir a vontade? Se houver amor verdadeiro será bom sim, mesmo que haja alguma dor ou vergonha.

Posso aplicar nesse caso a passagem que diz "...o perfeito amor lança fora o medo..." (1 João 4:18). O amor tem que ser verdadeiro!

A primeira vez é um começo. Todo começo é especial, inesquecível, mas não deixa de ser apenas um começo. O que virá depois será muito mais emocionante. Vocês vão aprender a ser um. No início tudo é aprendizado, descobertas. As vezes não se tem muito jeito. O importante é "não se cobre e nem faça cobranças".

Sejam sinceros, confidentes, amigos, amantes. Falem o que sentem, o que gostam, o que não gostam. Não exija que seja do jeito que você idealizou, viva o momento como ele acontecer, aprenda e se divirta! Em algum tempo vocês serão uma engrenagem funcionando perfeitamente no objetivo de ser feliz. Perfeitamente encaixados no corpo e na mente.

O segredo é o verdadeiro amor. No verdadeiro amor há respeito, paciência, carinho, bondade. Não há egoísmo. O verdadeiro amor faz muito bem. Na sua primeira vez vá consciente de tudo, vá querendo viver aquilo, e na sua mente esteja pronta pra aceitar o seu amor da mesma maneira como quer que ele te aceite. Sem vergonha de nada, de nenhum atributo físico. A vergonha insiste em aparecer, sem dúvida, mas ela com o tempo se dissolve.

Não existe receita. Cada casal tem a sua própria. Cada casal é único. Conheça seu corpo, estude, procure entender do que você é constituída. Fale com a médica, tire suas dúvidas e vá em frente.

Mesmo contrariando os valores atuais da sociedade que acha que sexo se faz quando se quer e com quem se quer, como Cristã eu não posso deixar de falar no que acredito. Acredito na exclusividade, ou seja, um único homem ser o parceiro certo de uma única mulher. Não vejo a relação sexual como algo banal, ao contrário, é algo muito especial e sério.

Eu acredito que a ocasião certa pra acontecer a primeira vez é dentro de um casamento, um casamento reconhecido pelos homens (debaixo da lei) e abençoado por Deus. É nele que dois passam a ser um. Fazendo assim, com toda a responsabilidade e seriedade que o casamento merece, você será feliz.

Eu também creio em um Deus que esquece do passado, perdoa os pecados, cura as feridas da alma e faz novas todas as coisas, inclusive na área sentimental. Se você viveu experiências ruins no passado, creia que Deus pode fazer tudo novo basta que você decida entregar sua vida para Ele e deixar que Ele te conduza.

Beijos

Fique com Deus

Comentários

Postagens mais visitadas