Papo de Mãe: Parto Cesariana - respeitem minha escolha!

Ultimamente, têm se discutido muito sobre parto normal, parto cesárea… e, sinceramente, em muitas das opiniões, sinto uma certa falta de respeito pela escolha de cada mãe. Se a cesariana for escolhida, é uma enxurrada de críticas, do tipo: “olhe, o pós operatório é pior, você vai sentir isso ou aquilo...”. A escolha pode ser devido a algum problema de saúde, por algum outro fator (a criança grande, passagem pequena da mãe ou outra coisa) ou mesmo por escolha da mãe por se sentir mais segura. Enfim, seja lá o motivo, deve-se haver respeito!

Minha escolha foi a cesariana e por muitos motivos. Mas sei que não preciso listá-los ou dar alguma satisfação sobre isso. Mas o fato de ter escolhido a cesariana ao normal não me faz menos ou mais mãe que outra pessoa, não me faz menos ou mais corajosa do que a mãe que optou pelo parto normal. Eu senti algumas dores sim, o que é normal devido aos pontos. Fiquei horas em jejum antes e depois. Tive que usar aquela maldita sonda (que dói muito para colocar e tirar), tive meus seios espremidos pelas enfermeiras para sair leite (isso acredito que dependa de pessoa para pessoa se tem leite saindo ou não, não sei!), tive que fazer a assepsia em cima da cama – a enfermeira é quem faz, mas é extremamente constrangedor  fui anestesiada (morrendo de medo e tremendo muito)... e tudo isso, minha recuperação foi muito boa, muito boa mesmo. E depois do parto ainda tive problemas para amamentar, leite pedrado, mastite, seios feridos e sobrevivi. Isso não me faz melhor nem pior, menos ou mais corajosa, mais mãe nem menos mãe! Mas a escolha pelo parto foi minha e essa escolha pode não ser a sua, e precisa ser acima de tudo RESPEITADA.



A verdade é que, quando engravidamos, parece que viramos propriedade da sociedade... é um mar de perguntas: “qual o sexo?”, “já escolheu o nome?”, “prefere que parto?”, “se eu fosse você faria normal...”, ou isso ou aquilo, até homens dando opiniões sobre o parto (quero ver eles grávidos hahaha)... além disso sua barriga vira patrimônio público porque todo mundo quer passar a mão.

Gente, não é fácil ser uma buchudinha nos dias de hoje. E tem que ter paciência e jogo de cintura...rsrsrs. E digo a vocês futuras mamães: antes de qualquer discussão ou Lei (Resolução Normativa N° 368 para quem ainda não conhece), analise, pesquise e veja qual o parto mais indicado para você e converse muito com sua/seu obstetra para uma melhor orientação e evite escutar opiniões que possam influenciar na sua decisão ou deixá-la insegura.

Grande beijo.


Comentários

Postagens mais visitadas