Resenha: Micropigmentação fio a fio de sobrancelhas

Depois de muito pesquisar o portfólio de diversos profissionais pelo Instagram, uma colega de trabalho (valeu Narinha) me indicou a Lícia (@liciafabrina). Claro que já fui curiar o trabalho dela e amei os resultados (inclusive o da minha colega, que vi ao vivo). Respirei fundo, a adicionei no WhatsApp e comecei a tirar minhas dúvidas antes de marcar o dia da Micropigmentação.

Então, no dia 13 de outubro de 2015, eu e minha mãe fomos arrumar nossas sobrancelhas. Não vou negar que estava morrendo de medo do procedimento, afinal, não deve ser fácil disfarçar uma sobrancelha marcada, não é mesmo?

Chegando no salão que a Lícia atende, pedi para ir antes da minha mãe. Então a Lícia explica o que vai fazer bem direitinho (cada caso exige uma técnica diferente), aplica o anestésico e começa a tirar as medidas com um Paquímetro. Quando o desenho está definido, ela mostra um esboço do novo desenho, remove os pelinhos que estão por fora e dá início ao processo de micropigmentar.

Gente, como ela aplica um anestésico bom, a gente não sente nada. Acredita? Nadinha mesmo... e na metade do procedimento, ela aplica um outro anestésico só por garantia. A agulha não afunda tanto na pele como uma tatuagem e por isso, a durabilidade é de (em média) 18 meses e com o anestésico tópico eu só escutava o barulhinho do aparelho, mas não senti nenhum incômodo. Ah, ela usa todo o material descartável e o processo leva em média de uma e meia a duas horas.

Meu antes e depois - foto do Instagram da @liciafabrina


Antes e depois da minha mãe - foto do Instagram da @liciafabrina
Após o procedimento, ela entrega um sachê contendo a loção cicatrizante que devemos aplicar nos dias seguintes. Ela é um pouco anestésica e para mim foi um alívio, porque coça um pouco no período de cicatrização.

Nos dois dias seguintes ao novo desenho, estranhei muito e achei que ficou muito escuro... a mudança geralmente causa um impacto. Achei que o novo desenho tinha me dado um ar de "braba", mas hoje já estou gostando do resultado, sei que ainda vai clarear bastante e que vai ficando com um aspecto cada vez mais natural.

Na minha mãe, que tinha o pelo muito clarinho e é bem loira, ficou mais impactante, mas como ela usou a mesma técnica da minha colega de trabalho, sei que vai ficar muito natural após a cicatrização.

Comentários

Postagens mais visitadas