Como planejar a festa de casamento: 12 dicas preciosas!


Janeiro está terminando mas ainda estamos bem no início de 2018, um ótimo período para planejar e organizar seu casamento! Você é uma das noivinhas desse ano? Já começou o planejamento desse dia tão lindo? Se sim, como andam os seus planos?

Casamento é um sonho para muitas mulheres e para não se tornar um pesadelo é preciso administrar bem o tempo, não se embaraçar financeiramente e conseguir dominar as emoções que vem nesse período. Às vezes parece complicado demais, caro demais e cansativo demais organizar essa festa. Porém, há meios de facilitar.


1 - A data


A data determina muitas coisas. Com base nela, os noivos saberão em que estação do ano estarão. Isso interfere diretamente no local da festa e na escolha do destino de lua de mel. A data também influencia nos preços. Alguns meses são mais caros que outros. Por último, vocês podem optar por um dia significativo na história de vocês, como o dia em que se conheceram.

Nós (Mari e Iago - o noivo) escolhemos 28 de abril. Abril por ser um mês de tempo fresco para casamento ao ar livre, também tem um ótimo clima no destino da nossa lua de mel, além de ser um mês de baixa temporada. O dia 28 é o dia em que começamos a namorar, então nada melhor que celebrarmos nossa união nele.

Eu, Ruth, casei em dezembro - um dos meses favoritos das noivas - por ser um período de férias e festas e por ser final de ano e dar a sensação de mais tempo para planejar. Eu que casei ao ar livre, tive um pouco de receio das chuvas. Dezembro, embora seja pleno verão aqui em Natal-RN, tem muitas chuvas. É algo a se pensar se você deseja casar ao ar livre. Lembro que no dia anterior, no ensaio do casamento, ensaiamos embaixo de chuva. Graças a Deus no dia não choveu mas passei o dia tensa. rs
---



2 - Decida quanto quer (pode) gastar


Essa parte é negligenciada por muitos casais, mas é tão importante quanto a escolha da data. Com um valor específico vocês evitarão dívidas e buscarão fornecedores que se encaixem na sua proposta financeira.

Deve-se traçar um plano para atingir o valor estipulado. Se você vai casar daqui há 3 meses e quer gastar 8 mil reais, seja inflexível quanto a esse orçamento. Fique dentro do orçamento do início ao fim.
---


3 - Use a nuvem (Google Drive, Dropbox, Gmail, etc)!


Hoje, guardar suas informações apenas no celular ou computador pode ser arriscado devido a esses aparelhos vez por outra "pifarem" e levarem embora todos os seus arquivos! A nuvem é um recurso que todo mundo usa sem perceber através das contas de e-mail e mídias sociais. São como pastas que armazenam arquivos digitais de forma mais segura. Existem diversas opções gratuitas disponíveis.

Decidi (Mariana) criar um e-mail para ajudar na organização exclusiva do casamento. Ao criar um conta de e-mail do casamento, este e-mail servirá para receber e armazenar tudo o que for relacionado ao casamento, impedindo que essas coisas se percam no e-mail pessoal.

Algumas das informações que vocês podem guardar nesse e-mail são: orçamentos, prints de conversas sobre o casamento (conversa com fornecedores, amigos, familiares e entre vocês), fotos de momentos especiais — como a primeira visita ao local da festa.

Para facilitar ainda mais essa organização, distribuam os arquivos em pastas. Discutam o critério dessa distribuição. Pode ser por meses, ou por acontecimentos, ou por tipos de arquivos (fotos, vídeos, textos, áudios). Escolhemos o Gmail por oferecer um drive de 15GB.

Todas essas informações servem tanto para recordar mensagens e fotos desse momento especial quanto para se proteger de algum problema. É muito importante guardar tudo (contratos, comprovantes de pagamento), tanto para garantir a execução dos serviços contratados, quanto pra se resguardar caso haja algum problema com algum fornecedor. Não se desligue disso! Eu, Ruth, uso o Dropbox. Sempre que possível, guarde também as cópias físicas (papéis) em uma pastinha.
---



4 - Defina o estilo da festa


Existe diversos estilos de casamento. Boho, rústico, clássico, praia, vintage, entre outros.

Pesquise a fundo sobre cada um e veja qual reflete melhor a personalidade de vocês dois. Atenção: não fiquem presos aos limites de cada estilo; vocês podem misturá-los e personalizá-los segundo suas preferências.
---


5- Seja rigorosa na escolha dos convidados



Essa é uma das dicas que mais dou as noivinhas que aconselho. Afinal, é um passo do planejamento que pode gerar muito conflito. Para simplificar e resumir, aqui vão 3 critérios que delimitarão quem vai e quem não vai fazer parte do seu grande dia:


Esta pessoa demonstrou grande felicidade por nós? Lembre-se da reação dessa pessoa quando soube do seu casamento. Do mesmo modo, analise se ela continua se mostrando feliz e entusiasmada com a realização do seu sonho. Para que seu dia seja mais feliz, os que estão contigo devem compartilhar da mesma alegria.


Esta pessoa está nos ajudando? Esse não é o maior critério, mas também deve ser observado. Aqueles que se dispõe a te auxiliar nesta fase merecem ser honrados com o convite para verem se concretizar o que ajudaram a construir.


Esta pessoa tem proximidade conosco hoje em dia? Acho que esse é o requisito menos seguido. Muitos noivos acham que tem obrigação de convidar familiares/amigos distantes que nem falam mais com eles e muito menos têm carinho pelo relacionamento deles. Digo o mesmo sobre colegas de trabalho/faculdade.

Reflita se essa pessoa que você deseja convidar é próxima de vocês ou pelo menos de um dos dois.
---


6 - Pesquise



Fundamental. Pesquise bastante. Não feche com o primeiro buffet, fotógrafo, decorador que lhe forem apresentados. Analise tudo que eles oferecem, busquem saber a experiência de outros noivos que passaram pelo serviço deles, observem a maneira como eles tratam vocês, e lógico, vejam se essa escolha cabe no seu bolso.
---

7- Os fornecedores



A dúvida de muitas noivas é a ordem de contratação dos fornecedores. O critério dessa ordem é a necessidade de antecedência de contratação para garantir a disponibilidade do serviço/produto. Vamos lá:

  • Vestido de noiva e trajes de noivo, pajens e daminhas; (Aqui em Natal, eu, Ruth, indico de olhos fechados a Lamour Noivas - (siga no Instagram @lamournoivasrn) da proprietária Auda. Lá os vestidos são lindos, de extrema qualidade e o atendimento maravilhoso!)
  • Assessoria/cerimonial (vai orientar você em toda a organização e fazer seu dia mais tranquilo.);
  • Local da cerimônia
  • Local da recepção (pode ser o mesmo da cerimônia)
  • Buffet
  • Decoração
  • Iluminação/Som
  • Foto e vídeo
  • Celebrante
  • Lua de mel (caso tenham, deve planejar com antecedência)
  • Músicos/DJ
  • Convite
  • Dia da noiva
  • Lembrancinhas
  • Para complementar essa dica, procure check lists das providências a serem tomadas durante o planejamento.
IMPORTANTE: 

Essa dica é fruto de uma orientação do meu noivo a mim (Mariana falando). Por muitas vezes eu me encantava demais com a conversa dos fornecedores e me mostrava vulnerável. Não demonstre super felicidade e babação com o que lhe está sendo oferecido. Pode elogiar, mas nada exagerado. Pode gostar, mas não demonstre estar morrendo de amores. Não deixe que esse fornecedor pense que sob qualquer proposta te ganhará.

Outra coisa a ser evitada é dizer que é noiva e que quer o serviço/produto para o casamento logo de primeira. Isso poderá fazer os fornecedores (os que são interesseiros) crescerem o olho para cima de vocês e pedirem um preço maior do que pediriam para outra situação. Já vi isso acontecer. Eles sabem que casamento é um evento muito emocional, que vocês podem se deixar levar e fechar qualquer contrato. Só depois do orçamento deles, diga que é para seu casamento.
---



8 - Peça e aceite ajuda



Não queira fazer tudo sozinha. À medida do possível, inclua seu noivo, seus amigos e família. Delegue tarefas que caibam no tempo e na capacidade de cada um.

Se você é designer gráfico e tem uma amiga que tem salão de beleza, que tal permutar os serviços de vocês? Faça trabalhos gráficos para ela e ganhe seu dia da noiva! Fizemos esse tipo de troca e foi um alívio no nosso orçamento.

E como já foi dito, contrate uma assessora. Sob sua coordenação ela será a ponte entre você e os outros fornecedores, defenderá seus desejos e resolverá os problemas que surgirem.
---


9 - Seja firme e feliz nas suas escolhas



Essa é a dica que mais gosto de dar. O processo de preparação do casamento envolve muitos sentimentos, muita logística e muitas opiniões, e uma coisa essencial é elencar prioridades. Sem isso vocês seguirão a vontade de todos, menos a de vocês.

Se vocês não querem festão para mais de 100 pessoas, não façam. Se você não quer véu e grinalda, tradição nenhuma tem que te obrigar a isso. Se não querem serviço de buffet comum, mas sonham com food trucks, busquem isso.

Essa dica em resumo diz: não faça nada por tendência, por pressão da família e amigos, por imposição social ou por que é mais barato, seja firme e feliz nas escolhas que vão fazer seu dia inesquecível.
---


10 - Aproveite essa trajetória



Por favor, aproveite. Você só será noiva uma vez (pelo menos, é o que se espera)! Curta a primeira prova do vestido, a degustação dos doces, as reuniões com as madrinhas e principalmente, curta o seu noivo. Não o deixe de lado. Ele é a razão de tudo isso, não é? Se alegre com ele, agradeça cada coisa que ele fizer, veja o valor de cada coisa concluída e não se afunde em estresse e preocupação.
---


11 - Dano pequeno, desespero pequeno


Complementando a dica anterior, essa aqui precisa ser seguida para que você chegue no dia do seu casamento sem um infarto ou um ataque de violência contra alguém. Entenda: se o fornecedor dos doces em vez de colocar uma forminha off white colocou uma branca, não é motivo para pirar. Eu sei, eu sei, você queria off white. Mas e aí? Você vai ficar o resto da festa falando disso, com raiva, nem querendo comer ou tirar fotos, mas querendo enviar uma mensagem para ele o quanto antes para reclamar? Dano pequeno, desespero pequeno.

Imprevistos e erros podem ocorrer. Não existe casamento perfeito no sentido de tudo sair como o planejado. Pire à medida que o problema pedir que você pire. Antes de começar a chorar, xingar, querer desistir, pense se aquilo merece tudo isso.
---


12 - Celebre ao máximo



E por último e não menos importante, CELEBRE! Do início ao fim desse dia tão esperado, celebre. Você se preparou e preparou tudo para que esse momento se realizasse, agora é hora de aproveitar ao máximo e começar sua vida a dois com muito amor e festa!

Tentamos de todo coração trazer as dicas mais essenciais; aquelas que vão guiar as noivas por um caminho mais leve, seguro e de sucesso. Em alguns desses pontos nós erramos (talvez todos), mas logo aprendemos e tivemos mais alegria e bom andamento das coisas.

Beijos,

Fique com Deus

Comentários

@blogmulherdivina - Instagram