Coletor Menstrual - minha experiência

Olá, Divina,

quero dividir minha experiência sobre um produto que morria de curiosidade e de medo de testar. Pesquisei sobre ele, li resenhas, vi vídeos por um bom tempo e sempre bateu aquele receio. Em um belo dia, decidi comprar um e formar minha própria opinião.

Existem diversas marcas, cores, formatos e dentre todas resolvi optar pelo da marca A Sós.


O que a marca fala sobre o produto:

coletor menstrual A Sós é o mais inteligente conceito de higiene feminina. Simples de usar, é reutilizável e flexível que substitui os absorventes femininos. Produzido 100% silicone medicinal, adequa-se perfeitamente às curvas do corpo feminino.
Muito mais conforto e confiança durante os seus ciclos menstruais. Confeccionado em silicone hipoalergênico, cuida da sua saúde íntima, pois ao contrário dos absorventes comuns, não deixa que o sangue menstrual entre em contato com a sua pele, evitando assim a ocorrência de alergias e a proliferação de bactérias causadoras de infecções.
Temos 02(dois) modelos de coletores, A e B. Modelo A: A capacidade do coletor é de 28ml e possui 45mm de diâmetro com 65mm de comprimento. Recomendado para mulheres com mais de 30 anos ou que já tenham filhos. Modelo B: A capacidade do coletor é de 25ml e possui 40mm de diâmetro com 65mm de comprimento. Recomendado para mulheres com menos de 30 anos e que não tenham filhos.
Acompanha saquinho de cetim para o armazenamento correto e seguro quando não estiver sendo utilizado. Dúvidas  de como usar? Fique tranquila, o coletor A Sós acompanha manual de instruções ilustrado com todas as informações necessárias sobre o uso correto do produto.







Recebi meu coletor e agora? 

Bem, Divina, quando abri a caixinha, me assustei com o tamanho do coletor, mesmo vendo em vídeos e resenhas, pegar ele na mão é muito diferente. Pensei logo "ai ai, isso não vai dar certo". Mas como vi muita gente falando bem, resolvi encarar o desafio.

Como recebi meu coletor já no final do ciclo, achei que ainda seria uma boa oportunidade de teste, afinal, a chance de vazar muito é bem reduzida. O que eu fiz?

Lavei o coletor e o saquinho com sabão de coco. Separei uma caneca de cerâmica para ele (será meu higienizador). Coloquei o coletor dentro da caneca e o enchi com água fervente, ainda levei por 2 minutos no micro-ondas.

Esperei que ele esfriasse bem, lavei as mãos e fiz a dobra da imagem abaixo para inserir.

Primeira dobra

Até que foi simples inserir, mas confesso que dá um medinho. Coloquei e depois verifiquei se o coletor tinha se desdobrado e retornado ao formato original. 

Fiquei em pé, sentei, me movimentei e mesmo sabendo que ele está lá, não senti desconforto algum.

Passei 8h com ele e foi como se nem estivesse menstruada, de tão confortável. Porém, um dos meus receios era, além do "será que vai vazar", "como vou remover?". Colocar foi tranquilo, mas remover seria o desafio. Procurei na internet algumas dicas de como remover, lavei as mãos e lá fui eu. Sinceramente, minha primeira tentativa de remover foi complicada e até um pouco incômoda. Ele forma um vácuo e tem que puxar com bastante cuidado para não doer. Pinçar ele (cuidado com as unhas), tentar remover o vácuo, fazer uma dobra para reduzir a abertura dele e puxar com cuidado... foi um processo difícil para a primeira tentativa. Se manter tranquila é muito importante, porque, por mais complicado que seja, ele não se perde dentro de você (rsrs).

Na segunda tentativa, testei num dia de fluxo maior (o segundo dia). Fiz a dobra com um pouco de dificuldade, apliquei e verifiquei se ele havia se desdobrado dentro de mim. Levei absorventes extras e uma roupa escura, afinal, não sabia o que me esperava.

Novamente, me senti muito confortável, fiquei umas 10h com ele (8h de trabalho mais 2h de almoço) e percebi que houve escape nos dois turnos (nada que um protetor de calcinha não resolvesse). Quando cheguei em casa, lá estava eu pensando em como vou remover ele de mim rs, como não era mais uma experiência nova, foi muito mais fácil. Dentro da área de banho do banheiro, pincei o cabinho e puxei com cuidado até a bundinha do coletor ficar aparente. Pincei a bundinha do coletor e fui subindo o dedo para o corpo dele, para apertar e remover o vácuo, além de reduzir a boca do coletor. Foi tão mais leve que removi facilmente e sem sujar nadinha. Fiquei pasma quando vi o copinho bastante cheio, acho que uns 2/3 dele estava preenchido. Esvaziei ele, lavei com sabonete neutro e o apliquei novamente para dormir. Em cada tentativa a gente vai ganhando mais experiência... estou começando a entender o porquê de tantas fãs.

O que posso dizer é: Não pode ter nojo de você mesma ou do seu sangue. Menstruar faz parte da vida da mulher e o coletor te ajuda a entrar em contato com isso.


Comentários

@blogmulherdivina - Instagram